Brigada Militar realiza patrulhamento aquático preventivo na Barragem de Ernestina

Brigada Militar realiza patrulhamento aquático preventivo na Barragem de Ernestina.

Com objetivo de prevenir crimes ambientais, a Brigada Militar, através do 3º Batalhão Ambiental (BABM), atuou, nesta terça-feira (11/06), em patrulhamento aquático preventivo, na Barragem de Ernestina.

Por terra, os policiais militares realizaram barreiras de fiscalizações em estradas que ligam os municípios de Passo Fundo, Nicolau Vergueiro e Ernestina, com foco no combate à caça ilegal e supressão de vegetação nativa no local.

Já na barragem de Ernestina, utilizando motos aquáticas, a equipe do 3º BABM fiscalizou o ambiente aquático, pontos de acampamentos e localizou 35 “boias-loucas” – petrecho usado na pesca predatória. O material foi recolhido e será incinerado.

Em contato com os moradores,
os policiais militares dialogaram, coletando informações e também orientando sobre a importância da conservação e preservação da fauna e flora da região, reforçando que, qualquer indício ou constatação de crimes ambientais, a população deve acessar os canais de denúncias do 3º BABM.

Durante o patrulhamento, os policiais militares foram agraciados com o canto da Tachã (Chauna torquata), pássaro silvestre, nativo do Sul , que vivem em áreas alagadas e locais úmidos, por serem considerados bons nadadores.

Alimentam-se de folhas e plantas aquáticas, moluscos e pequenos insetos. Essa ave se destaca por possuírem um chamado bastante alto e peculiar como dizendo “tachã” ou “tarrã”

Apreciar a flora e fauna silvestre só é possível por conta da preservação do local.
Seja um parceiro do Comando Ambiental da Brigada Militar, denuncie os crimes ambientais!

Comando Ambiental: o Braço Verde da Brigada Militar 🍃

Edição: Comunicação Social 3º BABM

📸: 3º BABM | Passo Fundo

Anunciantes

Redes Sociais

Recentes